sexta-feira, 21 de julho de 2017

O sono na paralisia cerebral

Um estudo da CanChild intitulado “Keeping Current In Sleep Issues Among Children with Cerebral Palsy” aponta que cerca de um terço das crianças com paralisia cerebral possui problemas relacionados ao sono.
Aspectos que pioram a qualidade sono, como a epilepsia, a espasticidade, os problemas motores e a deficiência intelectual, estão também relacionados à paralisia cerebral.
De acordo com o estudo, os problemas de sono na paralisia cerebral podem ser divididos em sete áreas:
• Problemas respiratórios;
• Deficiência motora;
• Ciclos de sono e vigília;
• Epilepsia;
• Problemas no padrão do sono;
• Fatores psicológicos;
• Dor e desconforto.
As intervenções que apresentaram os melhores resultados para a melhora do sono foram:
• Relaxante muscular, como por exemplo, o baclofeno;
• Melatonina;
• Terapia crânio-sacral;
• Acupuntura;
• Organização motora e postural;
• Massagem;
• Cirurgia para retirada de amígdalas e adenoide (em crianças que tinham essa indicação).
É um estudo que apresenta alguns indicativos, mas é importante que o problema do sono seja avaliado por neurologista, pediatra e terapeutas, que juntos poderão indicar os tratamentos e as medicações adequadas.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...