sexta-feira, 28 de julho de 2017

Confiança e segurança: a preparação para a marcha independente

É muito comum que a criança sinta-se insegura quando é desafiada a andar sozinha.
Quando chegamos nessa fase, criamos um ambiente terapêutico que ofereça mais segurança e confiança, e geralmente usamos as brincadeiras e os brinquedos mais próximos do dia-a-dia da criança.
Exploramos posições instáveis e estimulamos o equilíbrio para que a criança saiba se virar sozinha quando der os primeiros passinhos sem ajuda, e a sensação seja de segurança e confiança, e não de medo ou receio.
Além disso, toda a musculatura necessária para a marcha acontecer também é muito trabalhada.


quarta-feira, 26 de julho de 2017

Dalton e Victor: Herois sobre rodas

O Dalton sempre levou seu filho Victor para passear no parque do Ibirapuera, e em um desses passeios, no ano de 2013, ficou sabendo que haveria uma corrida no parque e logo veio a indagação: "Por que não correr com o Victor?".
Mas ele imaginou que seria uma corrida pequena, mas grande foi a surpresa quando viu que se tratava da Maratona Internacional de SP... Ele nem havia feito a inscrição, mas diante do apoio de outros corredores, resolveu seguir em frente.
Seguiu e conseguiu finalizar o percurso e ao passarem pelo portal de chegada, foram recebidos com muitos aplausos! Foi então que se deu conta do quanto aquele momento era importante para ele e para o Victor, e as lágrimas escorreram em meio a abraços e cumprimentos de pessoas que ali estavam. Segundo o próprio Dalton: "O importante não é a vitória, mas sim, a conquista da superação."
Depois disso, começou a treinar semanalmente com o Victor e o gosto de ambos pela corrida só aumentou! Outras corridas vieram, outros desafios apareceram e muitas emoções foram sentidas!
Movido por essa emoção, o Dalton, juntamente com outros pais, criou um projeto sobre a importância dessa atividade inclusiva, motivando outras famílias a saírem com os filhos, correrem, programarem uma atividade juntos. "Nossos filhos são capazes de ser iguais aos outros, mesmo com todas as suas limitações, e é assim que temos agregado cada vez mais HEROIS SOBRE RODAS."

segunda-feira, 24 de julho de 2017

Os cuidados de hoje vão interferir diretamente na qualidade de vida da criança no futuro

Passamos algumas orientações para nossos pacientes e sempre ressaltamos a importância de que essas orientações entrem na rotina da criança, assim como escovar os dentes e tomar banho.
Quando a criança tem indicação de uso de órteses, parapodium, andador, tala extensora, ou outros recursos, ela realmente precisa ter essa rotina estabelecida.
Os problemas ortopédicos, os desvios na coluna, a luxação de quadril, dentre outros problemas, têm um impacto muito forte na vida da criança, pois geralmente prejudicam funções vitais, como a respiração e a alimentação, causam dores e desconforto e, muitas vezes, somente são corrigidas com cirurgias complexas, de recuperação dolorosa e demorada.
Previna sempre, e se estiver com dificuldade de colocar esses recursos na rotina da criança, fale com os terapeutas, não deixe para depois!
Os cuidados de hoje vão interferir diretamente na qualidade de vida que seu filho terá no futuro!


sexta-feira, 21 de julho de 2017

O sono na paralisia cerebral

Um estudo da CanChild intitulado “Keeping Current In Sleep Issues Among Children with Cerebral Palsy” aponta que cerca de um terço das crianças com paralisia cerebral possui problemas relacionados ao sono.
Aspectos que pioram a qualidade sono, como a epilepsia, a espasticidade, os problemas motores e a deficiência intelectual, estão também relacionados à paralisia cerebral.
De acordo com o estudo, os problemas de sono na paralisia cerebral podem ser divididos em sete áreas:
• Problemas respiratórios;
• Deficiência motora;
• Ciclos de sono e vigília;
• Epilepsia;
• Problemas no padrão do sono;
• Fatores psicológicos;
• Dor e desconforto.
As intervenções que apresentaram os melhores resultados para a melhora do sono foram:
• Relaxante muscular, como por exemplo, o baclofeno;
• Melatonina;
• Terapia crânio-sacral;
• Acupuntura;
• Organização motora e postural;
• Massagem;
• Cirurgia para retirada de amígdalas e adenoide (em crianças que tinham essa indicação).
É um estudo que apresenta alguns indicativos, mas é importante que o problema do sono seja avaliado por neurologista, pediatra e terapeutas, que juntos poderão indicar os tratamentos e as medicações adequadas.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...